Canal de Notícias

Aqui colocamos tudo de novo que esta acontecendo, você também pode deixar aqui seus comentários.

  • Intervenção Precoce em bebês com Microcefalia: atuação do Terapeuta Ocupacional

    É sabido que, em geral, a criança com microcefalia apresenta alterações no desenvolvimento neuropsicomotor, ou seja, podem apresentar atrasos nas áreas: motora, sensorial, linguística, cognitiva, emocional e social, e, portanto, podem necessitar de auxílio nas suas ocupações cotidianas (AVD’s, AIVD’s, educação, brincar, entre outros).Para tanto, os programas de estimulação precoce devem ter seu início no período que engloba desde a concepção até os três anos de idade. Esta é a fase em que ocorre o processo de maturação do sistema nervoso central e maior plasticidade neuronal, sendo assim considerada crítica para o desenvolvimento das habilidades motoras, cognitivas e sensoriais.

    No entanto, pensar na intervenção precoce é assumir a sua complexidade enquanto metodologia de intervenção, que se preocupa não apenas com as crianças mais vulneráveis, mas também com as suas famílias.
    A estimulação precoce pode ser definida como um programa de acompanhamento e intervenção clínico-terapêutica multiprofissional e, que busca o melhor desenvolvimento possível, por meio da redução de sequelas do desenvolvimento neuropsicomotor, podendo contribuir, também, na estruturação do vínculo mãe/bebê e na compreensão e acolhimento familiar dessas crianças.O papel do terapeuta ocupacional, é o de facilitar as ações da criança, através da compreensão da sua realidade externa e, levando em conta as atividades de seu interesse, que sejam importantes para o seu desenvolvimento.
    As atividades utilizadas são realizadas através do brincar, ou seja, os brinquedos não são utilizados para compor a brincadeira, mas sim para estimular habilidades em que a criança apresente dificuldade. É por meio do brincar e das brincadeiras que a criança vai desenvolvendo todo seu repertório motor, sensorial, cognitivo, social e emocional, ou seja, brincando, ela tem a oportunidade de exercitar funções, experimentar desafios, investigar e conhecer o mundo de maneira natural e espontânea, expressando seus sentimentos e facilitando o desenvolvimento das relações com as outras pessoas. Portanto, são as necessidades e o contexto da criança que irão orientar o terapeuta ocupacional no seu processo de intervenção.
    Marque uma consulta com nossa Terapeuta Ocupacional e tenha maiores orientações. 
    Tel: 2595-5805

  • CONVÊNIO COM A UNIMED

    A PARTIR DE 15 DE MARÇO DE 2018 ESTAMOS ACEITANDO O CONVÊNIO COM A UNIMED NAS ESPECIALIDADES: PSICOLOGIA, TERAPIA OCUPACIONAL, FONOAUDIOLOGIA, PSICOMOTRICIDADE E PROCEDIMENTO COM BOBATH.

    LEMBRAMOS QUE É NECESSÁRIO ENCAMINHAMENTO MÉDICO, MAIORES INFORMAÇÕES NOS TELEFONES 3274-1791 OU 2595-5805

  • Neurometria - Aparelho estimula cérebro na cura para distúrbios

    Um equipamento que, associado à psicoterapia, promete combater diversos distúrbios psicoemocionais, desde a depressão à falta de sono, ansiedade, alterações do humor, estresse, alterações cardiológicas, cefaleia tensional, enxaqueca, dores crônicas, fibromialgia, bruxismo, entre outros. Chamado de neurometria funcional, o equipamento é uma evolução do que já fazia o biofeedback. A nova tecnologia foi desenvolvida por duas décadas até que pudesse ser aplicada no campo da pesquisa do funcionamento cerebral.

    Benefícios:
    ::Melhora no ciclo sono-vigília 
    ::Auxilia nos tratamentos de doenças degenerativas 
    ::Diminui o estresse e auxilia no tratamento da depressão 
    ::Regulador hormonal 
    ::Controle do cansaço e desânimo 
    ::Auxilia no equilíbrio dos sistemas endócrino, imune, digestivo, linfático e reprodutor 
    ::Controle cardiovascular 
    ::Qualidade de vida e bem-estar 
    ::Complementar em tratamento e prevenção do infarto